nepp

drawing CONVITE 35a NEPP small
NEPP APRESENTA TRABALHO NA REUNIÃO DA ABRASCO
 
A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) realizou, entre os dias 1º e 5 maio, o  III Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão de Saúde, na cidade de Natal (RN). O congresso reuniu mais de duas mil pessoas entre inscritos e convidados e foi considerado, pelos organizadores, como o maior congresso ocorrido até o momento pela entidade.
A organização esteve á cargo Congresso foi organizado pelos profissionais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e teve como espaço o centro de convenções, no bairro de Ponta Negra. 

 

Leia mais...

 

REDE DE CUIDADOS EM IST / HIV / AIDS SE AMPLIA

carmen
Carmem Lavras apresenta os manuais elaborados pelos pesquisadores no Auditório Rebouças

 

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo lançou, no ultimo dia 18 de abril, no Auditório Rebouças, na capital paulista, dois projetos destinados as pessoas vivendo com HIV/Aids PVHIV, com IST e com Hepatites virais. O primeiro foi a série de três manuais intitulada “Diretrizes para apoiar a implementação da Rede de Cuidados em IST/HIV”, realizada em parceria com o Programa de Estudos em Sistemas de Saúde (PESS) do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas (NEPP) da Unicamp.  O segundo projeto foi o aplicativo para celular “Cuide-se Bem” que avisa aos pacientes com HIV e hepatites virais sobre as consultas agendadas, horário dos medicamentos, armazena informações de exames, oferece dicas e funciona como um 'prontuário médico portátil'.

 

Leia mais...

 

PESQUISADORAS DO PESS/NEPP PRESENTES NO CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO

Pesquisadores do Programa de Estudos em Sistemas de Saúde, do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas da Unicamp (PESS/NEPP), estiveram presentes no 31º Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems), que ocorreu na cidade de Santos,  entre os dias 22 a 24 de março.

Com o tema "Democracia: Em defesa do SUS; Nenhum direito a menos!", o Congresso reuniu mais de mil e trezentos profissionais da área de saúde pública. De acordo com o presidente do Cosems, Stênio Miranda, “o Congresso foi um sucesso, pois, conseguiu reunir representantes de mais de 300 municípios paulistas e contou ainda com a presença de mais de 200 secretários municipais de saúde”.   Um ponto a se destacar do encontro foi a presença expressiva de representantes dos novos gestores municipais e profissionais de várias instituições que apoiam o SUS como fator relevante para a saúde pública do estado de São Paulo e do país.

Leia mais...

 

PESS/NEPP DISCUTE A POLÍTICA DE ATENÇÃO BÁSICA COM GESTORES MUNICIPAIS

foto1 NEPP CONASEMS

Representantes do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde - CONASEMS estiveram no Núcleo de Estudos de Políticas Públicas da Unicamp (NEPP), nos dias 16 e 17 de março, para participar de em uma oficina de trabalho com o grupo de pesquisadores do Programa de Estudos em Sistemas de Saúde – PESS/NEPP. O objetivo do encontro foi debater a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB).

 

Leia mais...

 

NEPP ESTUDA OS SERVIÇOS FARMACÊUTICOS DO SUS

O artigo "Organização dos serviços farmacêuticos no Sistema Único de Saúde em regiões de saúde" conta com a autoria da pesquisadora Carmen Lavras e da pesquisadora colaboradora, Karen Sarmento Costa do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas da Unicamp. O estudo foi publicado em abril de 2017 no periódico Ciência & Saúde Coletiva e teve o objetivo de caracterizar os serviços farmacêuticos prestados no Sistema Único de Saúde do Brasil sob a ótica das redes de atenção à saúde em regiões de saúde contempladas no Projeto QualiSUS-Rede. Este estudo teve delineamento transversal, com coleta de dados de dezembro de 2013 a julho de 2015 em todos os estabelecimentos públicos de saúde que realizavam entrega/armazenamento de medicamentos (n = 4.938) de 465 municípios e Distrito Federal em 43 regiões de saúde.

Os resultados mostram a existência de pelo menos um serviço gerencial de apoio à rede de saúde além do armazenamento de medicamentos em todas as regiões (> 90%). E de forma irregular entre as Regiões, há a oferta de pelo menos um serviço assistencial nos pontos de atenção pelos profissionais farmacêuticos, ocorrendo em maior proporção na Região Sudeste (74,3%) e menor na Região Nordeste (43,3%). Os resultados reforçam a necessidade da efetiva estruturação da assistência farmacêutica nas RAS superando uma visão restritiva das suas atividades, que valoriza quase que exclusivamente seu componente logístico de apoio a rede em detrimento da clínica. É igualmente importante ampliar e aprimorar o acesso da população aos medicamentos assim como e qualificar o cuidado em saúde ofertado aos usuários do sistema.

 

Confira o artigo na íntegra...

 

BIBLIOTECA
//NOVIDADES
as ideias tambem importam
 
UNICAMP2

logo sbu

versila.png
Maio 2017
D S
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31