Núcleo de Estudos de Políticas Públicas
Embaixada do Brasil em Tóquio dá início à organização da diáspora científica brasileira no Japão
José Tadeu Arantes | Agência FAPESP
02 Out 2020
0
NEPP

Um encontro virtual, realizado em 02 de outubro pela Embaixada do Brasil em Toquio, teve como objetivo dar início à constituição de uma plataforma para que estudantes e profissionais brasileiros envolvidos em atividades de ciência, tecnologia e inovação no Japão compartilhem experiências, discutam desafios e oportunidades e aumentem a colaboração com parceiros japoneses e brasileiros.

O encontro foi aberto pelo embaixador do Brasil no Japão, Eduardo Paes Saboia, que lembrou que o intercâmbio científico Brasil-Japão teve início já na segunda metade do século XIX, 20 anos antes do estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países. Falando das metas para o futuro, o embaixador afirmou que a diáspora científica brasileira no Japão é pequena, comparativamente à de outros países. “Espero que vocês possam nos apresentar sugestões para aumentar o número de brasileiros estudando em universidades japonesas e de japoneses estudando em universidades brasileiras, mantendo a qualidade”, disse.

O webinário Brasil-Japão incluiu duas mesas: “Inteligência artificial e desastres naturais”, moderada por André Argollo, do Centro de Estudos e Pesquisas sobre Desastres da Universidade Estadual de Campinas (Ceped-SP/Unicamp); e “Oportunidades de financiamento para pesquisa e inovação”, moderada por Ana Maria Carneiro, do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas da Universidade Estadual de Campinas (NEPP/Unicamp).

Fonte: Um encontro virtual, realizado em 02 de outubro pela Embaixada do Brasil em Tóquio, teve como objeti

OUTRAS NOTÍCIAS

Av. Albert Einstein, 1300
Cidade Universitária
Campinas - SP, 13083-852
nepp@unicamp.br / (19) 3521-2495
Copyrights © 2017
All Rights Reserved by Dery Reis