nepp

Acesso ao ensino superior


No próximo dia 8 de novembro ocorrerá, no Centro de Convenções da Unicamp, o primeiro encontro sobre pedagogias colaborativas e renovação de currículo como meio de diminuir o GAPS que é a sigla em inglês para Global Access to Postsecondary Education que trata da discussão que em como aprimorar o Acesso Global à Educação Superior.

O encontro terá início às 10h00 e com término previsto para as 17h00. A abertura do evento será feita pelo reitor Marcelo Knobel que também fará palestra que tem como tema “Enhancing Inclusive Education at Unicamp”, ou seja, “Melhorando a Educação Inclusiva na Unicamp”. Farão exposições pesquisadores brasileiros e estrangeiros.

O encontro tem como tema central a discussão das perspectivas globais na educação e como se pode melhorar a aprendizagem inclusiva e o pensamento crítico para preparar melhor os alunos para experiências de aprendizagem (inter)nacionais em sociedades cada vez mais diversas. E como essa aprendizagem global pode melhorar o senso de pertença dos alunos e, portanto, aumentar a graduação bem-sucedida? São

GAPS foi estabelecido com base no princípio de que a educação é um direito humano básico. Todas as pessoas, independentemente do sexo, raça ou etnia, idade e incluindo pessoas com deficiência, migrantes e povos indígenas devem ter acesso a oportunidades de aprendizagem ao longo da vida que incluam o ensino superior. Uma das chaves do UNICAMP para o sucesso é o seu trabalho para promover a inclusão social de estudantes provenientes do sistema escolar público e das minorias étnicas.

No século 21, a participação na educação pós-secundária é a porta de entrada para a prosperidade econômica e social para indivíduos e países. Haverá um déficit no número de trabalhadores educados para "nível universitário" ou superior em todo o mundo de 38-40 milhões até 2030. No entanto, em todas as nações do mundo, o acesso à educação pós-secundária é desigual. Além disso, os países enfrentam lacunas na realização educacional, bem como lacunas no emprego.

À medida que o mundo se torna mais global e as instituições de educação estão conectadas e interligadas em um nível local, internacional e global, é crucial preparar os alunos para um futuro em que a aquisição de conhecimentos e habilidades de masterização são uma dimensão para ser bem-sucedida na faculdade, carreira e cidadania. Outra dimensão é apoiar os alunos a compreender o seu papel no contexto mais amplo de uma sociedade local e global. Apoiar os alunos na compreensão de diferentes perspectivas é imperativo para a aprendizagem global e aumenta o senso de pertença dos alunos. Exige habilidades pedagógicas inclusivas da faculdade para acomodar com sucesso o engajamento em uma sala de aula com diferentes perspectivas, com base em uma diversidade de origens e narrativas.

Durante este seminário você encontrará um grupo internacional de palestrantes e profissionais, bem como práticas interessantes.

Confira a programação completa