nepp

Ações afirmativas no ensino superior

 

A pesquisadora do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas Cibele Yahn Andrade coordenou, no ultimo dia 24 de agosto, no auditório do Nepp, mais um seminário promovido pelo Laboratório de Estudos de Educação Superior (Less). O tema foi “Ações afirmativas no Ensino Superior: para quê e para quantos?” e coube à doutoranda na área de Ciências Médicas, Gláucia de Oliveira Moreira, apresentar sua pesquisa para elaboração da tese realizada junto aos estudantes de medicina da Unicamp que ingressam na universidade, através do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (Paais).

Em matéria assinada pelo jornalista Manuel Alves Filho o portal da Unicamp traz matéria completa sobre o seminário que aponta que se, no vestibular os alunos que entram pelo Paiss apresentam notas inferiores, ao longo da graduação essa diferença desaparece. Por sua vez a pesquisadora do Nepp/Paiss Cibele Yahn Andrade afirmou que os programas de ações afirmativas adotados nas instituições de ensino superior do país contribuíram para ampliar a presença de alunos não brancos e de renda mais baixa nas universidades.

Confira reportagem completa